• Conexão via cabo USB (Conector Mini B):

Utilizando um cabo USB é possível conectar o inversor com o PC facilmente. Com o software FR-Configurator2 é possível realizar a configuração dos parâmetros do inversor de forma prática e simples, além de permitir a monitoração do inversor.

  • Conexão via dispositivo de memória USB:

Com um dispositivo de memória USB é possível carregar dados de configurações e ajustes de parâmetros, com isso é possível analisar e ajustar parâmetros do inversor mesmo longe do equipamento.

  • Slot de placas opcionais:

Existem três posições para instalação de placas com funções variadas. Na tabela a seguir existe uma lista de placas disponíveis:

  • Conector PU:

O conector RJ-45 é destinado para a conexão do painel de operação e parametrização FR-DU08 que já vem instalado ao inversor. Além disso, a série 800 conta com um painel de operação opcional (FR-LU08) com visualização em LCD.

  • Conector para ativação de filtro EMC:

O filtro EMC (filtro capacitivo) embutido na série 800 faz com que o inversor instalado atenda à diretiva EMC (2nd Environment) EN61800-3.

Essa é uma norma europeia com o intuito de regularizar todos os tipos de equipamentos eletroeletrônicos nos aspectos de emissão (equipamento como fonte de perturbação EM) quanto de imunidade (o equipamento não é afetado por perturbações de fontes EM).

Para ativar ou desativar o filtro EMC basta alterar o conector conforme a figura a seguir:

  • LED de carga:

Este LED serve para alertar que os capacitores de filtro do circuito DC do inversor estão carregados. Isso significa que há tensão no barramento DC do inversor e, portanto, é necessário esperar pelo descarregamento do capacitor para realizar qualquer intervenção elétrica nos bornes do inversor.